HEG

Com a hemoencefalografia (HEG), por meio de uma luz infravermelha que fica em uma faixa-sensor colocada no córtex pré-frontal (região da testa) do paciente, detectamos o deslocamento do fluxo sanguíneo nos capilares, citosol, mitocôndria, até gerar aos disparos dos neurônios (saída de sódio e entrada de potássio na membrana nervosa) do córtex associativo, responsável por funções executivas, planejamento, organização, motivação, controle emocional, habilidades sociais, controle dos impulsos verbais (falar sem pensar), impulsos comportamentais (agir sem pensar), linguagem e memória de trabalho.

Monitoramos e fazemos o paciente aprender a controlar esse deslocamento sanguíneo proporcionando melhor concentração em atletas, em pessoas com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), transtorno de ansiedade, migrânea (enxaqueca) e em pessoas com dificuldades de aprendizagem.

hemo